Carvão, terra e território

Uma mina de carvão a céu aberto em uma área localizada a 16 km de Porto Alegre? O Sul21 foi ouvir os moradores do Assentamento Apolônio de Carvalho e do condomínio Guaíba City que perderão suas casas, suas terras, seu modo de vida e de produção caso o projeto se concretize. As imagens são de Carol Ferraz e Matheus Leal. A edição é de Giulia Cassol.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Direitos Humanos, Economia, Meio Ambiente e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s