Famílias do MST que ocupam uma área abandonada em Capela de Santana temem por ação violenta de despejo

Brigada Militar mobilizou forte contingente policial para a área. (Foto: Divulgação)

Imprensa MST

As famílias do MST que ocupam uma área abandonada pelo Estado em Capela de Santana, na região do Vale do Caí, temem por ação violenta da Brigada Militar na reintegração de posse que vai ocorrer agora pela manhã. O governo do Estado enviou um aparato desnecessário de policiais militares ao local do acampamento. Desde ontem as famílias acampadas estão sendo intimidadas com ronda policial, inclusive com helicóptero. A partir da última sexta-feira as famílias que saíram para trabalhar foram proibidas de retornar ao acampamento.

Na manhã desta terça-feira (04) um contingente da Brigada chegou ao local para cumprir a reintegração. Após do episódio que envolveu a desocupação da Lanceiros Negros, em Porto Alegre, as famílias acampadas em Capela de Santana temem por um desfecho de violência e arbitrário por parte do governo Sartori.

Desde sexta-feira as famílias acampadas estão sendo vigiadas com ronda policial, inclusive com helicóptero. (Foto: Divulgação)

A área, de aproximadamente 150 hectares, foi ocupada no início do ano. Segundo os Sem Terra, lá funcionava a Escola Estadual de Ensino Profissional Unidade Capela de Santana, mas o local já estava abandonado há mais de dois anos quando ocorreu a ocupação. Hoje cerca de 70 famílias vivem no acampamento, onde cultivam hortaliças, aves e suínos.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s