Acampamento em defesa da democracia reúne milhares de militantes em Curitiba

No início da manhã, diversas delegações começaram a chegar ao acampamento que foi tomando forma na vasta área localizada ao lado da estação Rodoferroviária. (Foto: Mídia Ninja)

Milhares de militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e de outros movimentos sociais e sindicatos que integram a Frente Brasil Popular iniciaram, nesta terça-feira (9) uma jornada de mobilização pela democracia que acompanhará o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, previsto para a tarde de quarta-feira (10). As bandeiras vermelhas e as lonas pretas do MST deram o tom do acampamento instalado no Jardim Botânico, entre a estação Rodoferroviária e o estádio do Paraná Clube. No final da manhã, a Frente Brasil Popular, divulgou uma nota orientando as caravanas que estão a caminho de Curitiba para participar da Jornada em Defesa da Democracia a se dirigirem para o acampamento localizado no final da rua Getúlio Vargas.

A mobilização do MST iniciou por volta das 6h30min da manhã, quando cerca de 1500 trabalhadores rurais vindos de várias regiões do Paraná se reuniram na BR 277, na localidade de Campo Largo onde, há 17 anos, o agricultor sem terra Antônio Tavares Pereira foi morto pela Polícia Militar durante um ato do Dia do Trabalhador. Tavares Pereira tinha 38 anos e era pai de cinco filhos. Além dessa morte, 185 trabalhadores rurais sem terra ficaram feridos naquela ocasião. No local, foi erguido um monumento criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O ato em homenagem à memória de Tavares Pereira também denunciou o processo de criminalização dos movimentos sociais e pediu a libertação de militantes do MST que estão presos no país.

No início da manhã, diversas delegações começaram a chegar ao acampamento que foi tomando forma na vasta área localizada ao lado da estação Rodoferroviária, situada a cerca de 20 minutos do prédio da Justiça Federal, onde Lula deverá depor nesta quarta-feira. A situação nas imediações da Justiça Federal, pela manhã, foi de total tranqüilidade. Algumas viaturas da Polícia Militar foram estacionadas na frente do prédio e um grupo de aproximadamente dez policiais ficou no local preparando o dispositivo planejado para amanhã que implicará um bloqueio de 150 metros em torno do prédio onde o juiz Sérgio Moro ouvirá o depoimento do ex-presidente. Vários moradores e pessoas que trabalham nas imediações buscaram informações com os policiais para saber como funcionará esse esquema de bloqueio.

O acampamento dos movimentos sociais também montou o seu próprio esquema de segurança. Além da segurança realizada pelos próprios movimentos, uma empresa de segurança privada foi contratada para cuidar de todo o perímetro do acampamento. Não há nenhuma caminhada prevista pelos movimentos em direção ao prédio da Justiça Federal. Serão realizados debates e outras atividades no acampamento e em alguns outros locais no Centro de Curitiba. Pela manhã, a montagem do acampamento transcorreu sem nenhum incidente. A presença policial se deu por via aérea. Um helicóptero da Polícia Militar sobrevoou a área diversas vezes, ficando, em alguns momentos, parado sobre a mesma a uma baixa altitude.

No final da manhã, a Policia Rodoviária Federal barrou na BR 227, em uma das entradas de Curitiba, vários ônibus com militantes que se dirigiam para o acampamento da Jornada pela Democracia. Os policiais revistaram os militantes e seus pertences pessoais, apreendendo uma enxada que, segundo seu proprietário, seria utilizada para montar barracas no acampamento. Depois, escoltaram os ônibus até a área onde está instalado o acampamento. Na região central de Curitiba, nenhum incidente foi registrado na manhã desta terça-feira. A principal movimentação concentrou-se mesmo em torno do acampamento que não parou de receber militantes durante toda a manhã.

(*) Publicado originalmente no Sul21.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s