Câmara de Esteio aprova moção de repúdio aos deputados Van Hatten e Juvir Costella

Audiência pública foi promovida pela Câmara de Vereadores de Esteio, a pedido da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência, formada por vereadores de vários partidos. (Foto: Câmara de Vereadores de Esteio/Divulgação)

A Câmara de Vereadores de Esteio aprovou, terça-feira (4), por unanimidade, uma moção de repúdio aos deputados estaduais Marcel Van Hattem (PP) e Juvir Costella (PMDB) pela postura que os dois parlamentares adotaram na Assembleia Legislativa, na tarde do mesmo dia, levantando acusações envolvendo uma audiência pública sobre a Reforma da Previdência, realizada no dia 30 de março, pela Câmara Municipal. Proposta pelo vereador Leonardo Dahmer (PT), a moção assinala que, a partir de uma falsa mensagem divulgada em uma rede social, Van Hattem quis “policiar um ato legítimo desrespeitando a autonomia desta Casa”, que é presidida pelo vereador Felipe Costella (PMDB), filho de Juvir Costella.

Na tarde de terça-feira (04), o deputado Van Hattem afirmou ter protocolado um pedido de audiência com a direção de uma das escolas que participou da audiência pública para tratar da “liberação de alunos para participar de um ato petista”. Na mesma linha, Juvir Costella (PMDB) exigiu a “apuração dos responsáveis pela condução de estudantes da Escola Estadual José Loureiro da Silva, localizada em Esteio, a evento político sem aprovação dos pais”. O ato, afirmou o deputado na tribuna da Assembleia, “teria acontecido com a presença de sindicalistas e deputados do Partido dos Trabalhadores, que argumentavam contrariamente à reforma proposta pelo governo federal”.

No plenário da Assembleia, Costella mostrou material que traria fotos do suposto “ato petista” promovido pela Câmara de Vereadores de Esteio. (Foto: http://www.juvircostella.com.br)

Segundo o vereador Leonardo Dahmer, Costella apresentou na Assembleia uma farsa montada com fotos que não eram do evento, pois não havia bandeiras partidárias na audiência pública. Ainda segundo Dahmer, o material foi montado pelo grupo de Facebook “Socialista de IPhone”, “grupo parceiro do MBL que existe para atacar militantes de esquerda, disseminar o ódio e a mentira”. A “denúncia” feita pelos deputados do PP e do PMDB teria se baseado neste material.

A audiência pública em questão foi promovida pela Câmara de Vereadores de Esteio, a pedido da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência, criada pelo Legislativo daquele município com o objetivo de esclarecer as mudanças propostas na PEC 287/2016, que tramita na Câmara Federal. A frente parlamentar é integrada por vereadores de diversos partidos, inclusive do PP e do PMDB, aos quais Van Hattem e Costella pertencem. Integram a frente os vereadores Leonardo Dahmer (PT), Márcio Alemão (PT), Fernanda Fernandes (PP), Luiz Duarte (PT), Rute Pereira (PMDB), Sandro Severo (PSB) e Harri Zanoni (PSB).

A audiência que lotou a Câmara de Esteio convidou para o debate integrantes da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), que explicaram os principais pontos da PEC e advertiram para os prejuízos que as mudanças nas regras da aposentadoria vão causar aos trabalhadores, aos servidores públicos, principalmente às mulheres e aos trabalhadores rurais, caso seja aprovada.

(*) Publicado originalmente no Sul21

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s