48 anos do AI-5: Sartori conta com Parlamento fechado e Brigada na rua para aprovar pacote

 

Uma rotina no governo Sartori: portões de entrada da Assembleia Legislativa fechados ao público e bloqueados por grades. (Foto: Guilherme Santos/Sul21)

Uma rotina no governo Sartori: portões de entrada da Assembleia Legislativa fechados ao público e bloqueados por grades. (Foto: Guilherme Santos/Sul21)

No dia em que o AI-5 completa 48 anos, as portas da Assembleia Legislativa amanhaneceram mais uma vez fechadas para o povo e cercadas por grades nesta terça-feira (13). A presidente Silvana Covatti (PP) determinou a proibição do acesso do público ao Parlamento para evitar que os servidores públicos se manifestem contra o pacote do governador José Ivo Sartori (PMDB) que extingue fundações, demite servidores, privatiza estatais e muda regras para o pagamento dos salários dos servidores, entre outras medidas.

Nesta terça (13), estão programados vários atos de protesto de servidores contra o pacote, inclusive uma assembleia unificada no Largo Glenio Peres, que deverá culminar em uma caminhada até a Praça da Matriz. Os policiais civis realizam assembleia geral ao meio-dia e depois se dirigem em caminhada ao Palácio Piratini. Todos estão proibidos de entrar na Assembleia, supostamente a “Casa do Povo”. Além de fechar a Assembleia, o governo Sartori quer antecipar a votação das medidas do pacote, sem qualquer debate sobre as mesmas no Parlamento. O objetivo é começar a votar nesta quinta, com portas fechadas ao público. O pacote de Sartori parece ter uma alergia letal a povo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s