Comunidade cultural se mobiliza em defesa da TVE e da FM Cultura

O objetivo do ato é denunciar a ameaça de privatização ou mesmo extinção da Fundação Piratini, pelo governo José Ivo Sartori (PMDB). (Divulgação)

O objetivo do ato é denunciar a ameaça de privatização ou mesmo extinção da Fundação Piratini, pelo governo José Ivo Sartori (PMDB). (Divulgação)

O Movimento dos Servidores da Fundação Piratini, o Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul e o Sindicato dos Radialistas do RS, com apoio da CUT-RS, promovem sábado (5), das 15 às 20 horas, no Parque da Redenção, o ato “Salve, Salve TVE e FM Cultura”. O objetivo do ato político-cultural é denunciar a ameaça de privatização ou mesmo extinção da Fundação Piratini, pelo governo José Ivo Sartori (PMDB)

Segundo os organizadores, a atividade é mais uma etapa da mobilização em defesa da Fundação Piratini, que novamente está ameaçada por aqueles que não veem a comunicação pública como um direito, que não têm compromisso com a democracia, ou simplesmente querem ganhar dinheiro explorando as estruturas públicas.

O evento será gratuito e já tem como atrações confirmadas Hique Gomez, Nelson Coelho de Castro, Richard Serraria, Gelson Oliveira, Antonio Villeroy, Frank Jorge, Monica Tomasi, Thiago Ramil, Vera Lopes, Pamela Amaro e Glau Barros Rita Rosa, Tribo Brasil, Replicantes, e La Digna Rábia.

(*) Publicado originalmente no Sul21.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s