Estudantes ocupam Faculdade de Educação da UFRGS

Estudantes ocuparam Faculdade de Educação da UFRGS, somando-se à luta nacional contra a PEC 241, o projeto Escola Sem Partido e a MP da reforma do ensino médio. (Foto: Guilherme Santos/Sul21)

Estudantes ocuparam Faculdade de Educação da UFRGS, somando-se à luta nacional contra a PEC 241, o projeto Escola Sem Partido e a MP da reforma do ensino médio. (Foto: Guilherme Santos/Sul21)

Os estudantes da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que reúne os cursos de Pedagogia, Educação do Campo e Pós-Graduação, decidiram, em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (31), ocupar o prédio da Faced, se somando à mobilização nacional contra a PEC241, que no Senado passou a tramitar como PEC55, o projeto Escola Sem Partido e também a MP que propõe a reforma do ensino médio.

Os estudantes da Educação se juntam, assim, aos do Instituto de Letras da UFRGS, que ocuparam o prédio do instituto no dia 26 de outubro. Estudantes da Letras participaram da assembleia de seus colegas da Educação, dando um relato sobre a mobilização no Campus do Vale. Alunos de outras unidades da UFRGS também estão debatendo a possibilidade de novas ocupações, aulas públicas e outras atividades nos próximos dias.

A ação iniciou por volta das 11 horas, quando os estudantes entraram na Faculdade, conversaram com seus colegas nas salas de aula e comunicaram a direção que estavam ocupando o prédio. Segundo Mateus Santos, estudante de Pedagogia, o objetivo do movimento é lutar contra a ofensiva contra a educação pública que se manifesta tanto em nível ideológico, por meio do Escola Sem Partido e da MP do ensino médio, quanto em nível estrutural, pela PEC241, congelando investimentos em serviços públicos fundamentais para a cidadania.

“Nós já estávamos conversando sobre isso há algum tempo não só com os estudantes. Temos professores que estão apoiando o nosso movimento. Esperava-se que a Faculdade de Educação, situada no coração do Campus Centro, tomasse uma atitude deste tipo, posicionando-se finalmente contra esse grande descaso com a educação”, diz Mateus Santos.

No início da noite desta segunda, está programada uma nova assembleia para organizar a ocupação e definir, de modo mais detalhado, a pauta do movimento. As aulas foram suspensas, pelo menos até o meio-dia desta terça-feira, quando ocorrerá uma reunião de negociação com a direção da Faculdade. Após essa reunião, os estudantes decidirão os próximos passos do movimento.

(*) Publicado originalmente no Sul21.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Estudantes ocupam Faculdade de Educação da UFRGS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s