Não é só golpe, é traição. Haverá luta e resistência!

"Haverá luta, haverá resistência e haverá uma discussão permanente sobre o que a direita tenta de forma sumária consolidar como política de Estado."

“A aliança profunda da frente política judicial e midiática é a arma central dessa operação.”

Flavio Koutzii

A gente escreve para juntar fatos, articular significados, compreender as coisas. Falar em golpe, não é um insulto, é apenas nominar o que foi feito. Mas como ignorar as evidências, as provas instantâneas.

Para o capital financeiro internacional, a venda do pré-sal, o desmonte da Petrobras e de outras empresas públicas estratégicas para o país, as privatizações imediatas, a abertura total da venda de terras brasileiras, o fim do processo de integração que estava sendo construído em espaços como Mercosul, Unasul e Brics.

Para o povo brasileiro, o congelamento dos orçamentos para educação e saúde por 20 anos, o desmonte da CLT e das leis trabalhistas, o aumento do tempo para a aposentadoria, exigindo mais tempo de trabalho e menos direitos, a criminalização de quem luta contra essas políticas, elas, sim, criminosas.

Essas metas estavam todas definidas e elaboradas. Mal se confirmava o impeachment, e os golpistas anunciavam essas metas políticas. Isto explica a velocidade espantosa com que tudo foi anunciado na grande política. Simultaneamente, o bloco golpista buscava uma “solução final” para exterminar o PT. Também para acabar com 13 anos de governos petistas.

A aliança profunda da frente política judicial e midiática é a arma central dessa operação. A Lava Jato como aríete dessa ofensiva naturaliza a partir da luta contra a corrupção um modus operandi, em que vale tudo. É evidente a forma que combina prisões seletivas, manutenção dos detidos em condições de enfraquecê-los para depois arrancar o que quiserem. Isto se combina com vazamentos seletivos, com o refinado acompanhamento da conjuntura na qual se joga publicamente cada vez, e com particular oportunismo e cálculo, um dos processos que estão sendo feitos.

Já é claro, hoje em dia, que há uma operação implacável contra Lula e outra absolutamente frouxa quando os dados do processo apontam para o PMDB/PSDB e outros.

O estado de direito é permanentemente violado.

Todas essas políticas precocemente explicitadas dão o sentido do movimento sob a proteção da luta contra a corrupção, fazem avançar seu programa conservador e profundamente regressivo. Este é o verdadeiro motor que busca neutralizar o governo nacional e suas políticas.

Mas, apesar desses mal disfarçados objetivos, está clara sua natureza reacionária culturalmente regressiva e escandalosamente preconceituosa. Felizmente, esta política do governo Temer já foi percebida e inteligida e a reação começou. Setores jovens resistem. Rebeldes e corajosos se afirmam. Criativos inauguram novas formas de atuação, militância e luta.

Estes setores, mais todos os trabalhadores que serão duramente atingidos pelas propostas de alterar recursos orçamentários negando-os a setores imprescindíveis, serão a base social e militante que nutrirá a resistência, denunciará os labirintos da ofensiva conservadora.

Haverá luta, haverá resistência e haverá uma discussão permanente sobre o que a direita tenta de forma sumária consolidar como política de Estado.

No fast food social, combina comida indigesta com traição explícita.

Juventude e trabalhadores, negros e mulheres, LGBT e cultura são o chão pulsante que nutrirá as lutas de resistência do modelo que a direita quer empurrar goela abaixo. Aqui é o lugar da resistência, o começo do futuro. Surge uma nova geração: são uma nova vanguarda na qual a esperança reencontra corações valentes, mentes livres, paixões incandescentes.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Não é só golpe, é traição. Haverá luta e resistência!

  1. Bibiana Lopes disse:

    Flávio, muito orgulho de ter peleado ao teu lado. Voltei para o sul depois de alguns anos em Brasília e me bateu uma saudade das tuas falas sempre precisas, centradas e que resumem os nossos sentimentos frente às injustiças do dia a dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s