Olimpíadas com golpistas vai ter luta

(Foto: Joana Berwanger/Sul21)

(Foto: Joana Berwanger/Sul21)

Caco Schmitt

Se o golpe vingar, a modalidade olímpica que vai fazer tremer o Rio é: LUTA!

Não sabemos manejar um florete ou um sabre, mas esgrimaremos cartazes contra os golpistas. No ringue, seremos todas as categorias: mosca, galo, pena, leve, médio, meio pesado e pesado, até greco-romano. Não gostamos de tiro com arco, nem tiro esportivo, mas no tatame das ruas não haverá vitória por pontos: vamos aplicar um ippon nos golpistas.

Os golpistas podem ter vencido os cem metros rasos na Câmara; devem vencer os 200 e 400 metros no Senado, porque encontraram poucas barreiras e obstáculos. Saltam triplo por cima da ética e da decência, em distância, altura e com vara. Arremessam pesos e palavras vis, lançam martelos, discos e dardos na democracia e chocam o país com suas baboseiras olímpicas. Mas a resistência é uma marcha atlética, mais ainda: é uma maratona. E nós estamos preparados pra remar duro contra a maré da mídia golpista que dá o golpe como fato consumado. Na canoa: em velocidade e slalom; no remo, de skiff simples, duplo, quádruplo, de dois sem timoneiro, quatro ou oito com timoneiro. Nossos militantes remam e saltam, não é preciso plataforma ou trampolim, porque quem não pula é golpista… quem não pula é golpista…

Somos forte nas águas porque o vento da história move a nossa vela, vamos vencer a regata. Nadamos livre, borboleta, peito e costas. E podemos combinar os quatro estilos, porque somos de todas as regiões do País. Por isso, estamos prontos para triatlo, porque somos acostumados a nadar contra a corrente, correr pela democracia e pedalamos só pra provocar os golpistas… e com categoria: na velocidade, perseguição, quilômetro contra o relógio ou estrada contra o relógio. E se engana quem pensa que corremos contra o tempo na política. O Senado vai afastar a presidenta democraticamente eleita mesmo sem haver um crime de responsabilidade sequer, mas teremos 180 dias pra derrotar o breve, imoral, ilegal e golpista Governicho Temer!

Vamos vencer porque assim como no basquete, no vôlei, no handebol, no futebol, somos uma equipe, somos milhares de brasileiros, estudantes, trabalhadores, povo da cultura, da periferia, do campo, com terra e sem terra, quilombolas, indígenas, de todas as idades, que não aceitam que se jogue na lata do lixo a democracia que ainda estamos construindo, por conta de meia dúzia de políticos corruptos, apoiados por empresários sujos e por uma mídia golpista, todos bancados e orientados por interesses externos e contrários ao Brasil e à América Latina.

Agora que a tocha com a chama olímpica começa a circular no País, vamos dar o alerta geral de que não vai ter golpe sem luta. E no dia 5 de agosto, daqui três meses, quando da abertura oficial das Olimpíadas, vamos sacudir o Rio de Janeiro com manifestações pacíficas, dentro do espírito olímpico mas contundentes. Vamos gritar bem do alto do pódio que não aceitamos este governo ilegítimo e vamos resistir em todas as modalidades.

Nas Olimpíadas 2016 vai ter luta, nas quadras e nas ruas, pra garantir a democracia que vale ouro!

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Olimpíadas com golpistas vai ter luta

  1. Zé Baré disse:

    Não vai ter Olimpíadas! Vai ter luta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s