Globo muda estratégia pra dizer que golpe não é golpe

Globo_e_o_caralho

(*) Caco Schmitt, jornalista que cita a jornalista Hildegard Angel: “Serviçais do golpe não merecem ser chamados de jornalistas“.

Os golpistas, capitaneados pela Globo, agora mudam a tática e tentam dizer que impeachment não é golpe. Nos últimos dias, começaram a colocar no ar entrevistas com “juristas” dizendo que impeachment não é golpe. Usam a velha tática de manipulação das palavras muito conhecida de todos que trabalham na imprensa. Perguntam ao entrevistado: “impeachment é golpe, vossa excelência?”. Resposta: “Não, está na Constituição…” E aplicam esta resposta a uma pergunta genérica nos telejornais em meio a frases da presidente Dilma denunciando o golpe. Passam a ideia de que os “juristas” estão contestando a presidente e toda a sociedade que está nas ruas (e fazem repetida e nazistamente como mandava Joseph Goebbels – ver artigo “Por que a Globo é golpista”).

Esta tática é o recurso dos assustados que viram nas ruas que a maioria do povo brasileiro é contra o golpe. O que o Brasil assistiu desde a emblemática sexta-feira, dia 18, marco da forte reação da sociedade civil, é um número impressionante de manifestações espontâneas contra o golpe. A maioria do povo brasileiro está dando seu recado: respeitem os 55 milhões de votos; respeitem a democracia. Em todo País, artistas, religiosos, jornalistas, trabalhadores, intelectuais, universitários, juristas e… o povo, que começou a invadir shoppings da classe alta e mostrar a cara contra o golpe apoiado pela elite branca. Até nas baladas da juventude… Manifestações grandiosas, atos públicos, marchas, caminhadas alegres e sem ódio.

A resposta da maioria dos brasileiros forçou um recuo tático nas edições dos telejornais da Globo dessa semana, que ficaram um pouco menos virulentos, especialmente depois da divulgação do listão da Odebrecht que coloca os também articuladores do golpe José Serra e Aécio Neves com doações polpudas de R$ 1 milhão e R$ 1,6 milhão, respectivamente. E como os juristas afirmam que a base legal do pedido de impeachment da presidenta não tem consistência, a Globo golpista mudou a tática pra dizer que o golpe não é golpe.

Mas não adianta: o impeachment é golpe porque não tem base legal, como já afirmaram os especialistas, do contrário 15 governadores deveriam ser “impichados” pelos mesmos argumentos das pedaladas fiscais. O impeachment é golpe porque é revanchismo dos inconformados que já no primeiro dia depois das eleições queriam invalidar as eleições e assumir o poder. O impeachment é golpe porque a golpista Globo mistura as investigações da Lava-jato (apesar de até agora não terem achado pelo em ovo contra a Dilma) com o processo de impeachment, de forma vergonhosa e nazista (… sempre repetindo Goebbels) nas edições dos telejornais, tentando criar a “impressão” que a presidenta está sendo processada não por causa de umas pedaladas sem base legal e sim por causa da corrupção generalizada da qual os julgadores do processo estão atolados até o pescoço.

Vamos todos denunciar esta manobra nas redes sociais e no dia a dia das conversas e manifestações contra o golpe, como a desta quinta-feira, 24 de março, quando mais de 30 mil brasileiros caminharam do Largo da Batata até a porta da Rede Globo São Paulo, avisando: a próxima manifestação vai ser aí dentro…

Anúncios

Uma ideia sobre “Globo muda estratégia pra dizer que golpe não é golpe

  1. Norma de Mello Massas

    QUE A MÍDIA CORRUPTA DIGA QUE O “IMPEACHMENT” NÃO É GOLPE NÃO ME ESPANTA, MAS O QUE MAIS ME ESPANTA É VER AÉCIO NEVES PUBLICAR ISSO. SIM, SABEMOS QUE ELE ESTÁ ALTAMENTE ENVOLVIDO EM EPISÓDIOS DE CORRUPÇÃO (HELICOCA, AEROPORTOS, FURNAS ETC), MAS ASSIM ELE SE ATOLA AINDA MAIS. O MESMO PODE-SE DIZER DE TEMER COM SEU PARCEIRO CUNHA.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s