Evento propõe ‘transformar tanque de guerra em tanque de amor’

tanquedeguerraNOVA

A comunidade #PoaCidadeCriativa lançou um evento no Facebook para promover uma intervenção artística no tanque de guerra que foi transformado no mais novo monumento de Porto Alegre. O tanque Leopard, modelo 1A1, foi comprado da Bélgica, começou a ser utilizado no Brasil em 1997 e agora foi substituído por um modelo mais moderno. Em parceria com a prefeitura da capital, o Exército decidiu usar o tanque aposentado para homenagear a instituição. Instalado na esquina das avenidas Ipiranga e Salvador França, o novo “monumento” deve ser inaugurado no dia 21 de janeiro. A prefeitura informou que cedeu o terreno em agradecimento pela doação de uma área do 3° Regimento de Cavalaria de Guarda para a construção da alça de acesso ao viaduto da avenida Bento Gonçalves.

A decisão de transformar o tanque de guerra em um “monumento” de Porto Alegre vem causando uma intensa polêmica nas redes sociais e deu origem à ideia de uma intervenção artística no velho Leopard. “Achamos esse monumento de mau gosto um símbolo de guerra e entendemos que a nossa cidade precisa de mais paz e amor. Resolvemos que vamos dar uma cara nova para a geringonça. Vamos pintar o tanque e deixá-lo mais alegre e feliz?” – propõe a página do evento criado pela comunidade “PoACidadeCriativa, que se define como um “movimento articulado da sociedade civil que busca através de provocações, inspirações e debates uma cidade mais humana, alegre e criativa”.

A intervenção artística para transformar o tanque de guerra em um “tanque de amor” foi convocada para o dia 22 de janeiro, às 18h, na esquina da Ipiranga com a Salvador França. Até o início da tarde desta quinta-feira, o evento já tinha 244 pessoas confirmadas. A proposta tem um antecedente recente no país. No primeiro dia do ano de 2015, um gerente comercial de 38 anos pintou de rosa um tanque de guerra, exposto em uma praça no município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Acabou sendo preso por dois policiais militares e conduzido a uma delegacia. O autor da intervenção definiu sua ação como um “gesto de cidadania” e disse que só queria dar mais vida ao monumento.

A página do evento “Transformar o tanque de guerra em um tanque de amor” traz uma série de fotos de intervenções artísticas já feitas em tanques pelo mundo. Veja algumas delas:

tanque1

tanque2

tanque3

tanque4

Anúncios

Uma ideia sobre “Evento propõe ‘transformar tanque de guerra em tanque de amor’

  1. Oleti Gomes

    Gente, tanque de guerra é tanque de Guerra. Podem pintar de ouro que não muda nada. Esse pessoal do PoaCidade Criativa deveriam vir aqui no Piscinão da Praça Itália, nas tardes quentes de calor, pegar aquela criançada que vem das vilas, principalmente da Zona Sul e proporcionar atividades de lazer dirigidas – e até retirando-as de dentro daquelas águas sujas e cheias de lixo com lodo no fundo daquele lago. Vamos nos interessar por algo útil!!!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s