Sartori entrega medalha a general que homenageou o Coronel Ustra

O governador José Ivo Sartori entregou, nesta quarta-feira (13), a Medalha Negrinho do Pastoreio para o general Antônio Hamilton Martins Mourão, em cerimônia no Palácio Piratini. (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

O governador José Ivo Sartori entregou, nesta quarta-feira (13), a Medalha Negrinho do Pastoreio para o general Antônio Hamilton Martins Mourão, em cerimônia no Palácio Piratini. (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB), entregou, nesta quarta-feira (13), a Medalha Negrinho do Pastoreio para o general Antônio Hamilton Martins Mourão, “em reconhecimento ao trabalho prestado no Comando Militar do Sul”. O general Mourão foi afastado do Comando Militar do Sul, em outubro de 2015, após defender “o despertar de uma luta patriótica” no país e autorizar uma homenagem póstuma ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, primeiro integrante da ditadura militar reconhecido como torturador pela Justiça brasileira. A homenagem ao coronel ocorreu no mês de outubro, no pátio de formatura da 6ª Brigada de Infantaria Blindada, em Santa Maria. Após esses episódios, o general Mourão foi transferido para a Secretaria de Economia e Finanças do Exército, em Brasília.

Ustra foi comandante do Destacamento de Operações Internas (DOI-Codi) de São Paulo, entre 1970 e 1974, durante a ditadura. O militar foi acusado pelo Ministério Público Federal por envolvimento em crimes como o assassinato do militante comunista Carlos Nicolau Danielli, sequestrado e torturado nas dependências do órgão. A presidente Dilma Rousseff foi presa e torturada nas dependências do DOI-Codi, do 2º Exército em São Paulo, unidade chefiada pelo então major Ustra. Em 2008, Ustra tornou-se o primeiro militar brasileiro a ser reconhecido como torturador, pela Justiça.

“É uma satisfação lhe entregar esta medalha. Foi um ano de muita convivência positiva e a medalha reconhece isso, mas também o seu jeito de ser”, disse o governador Sartori ao entregar a medalha ao general Mourão. A Medalha Negrinho do Pastoreio é entregue a personalidades que “prestam relevantes serviços em favor das pessoas, do Estado ou da Pátria”, informou a assessoria de imprensa do Palácio Piratini.

(*) Publicado originalmente no Sul21.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em História, Política e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Sartori entrega medalha a general que homenageou o Coronel Ustra

  1. Eduardo disse:

    E por que a surpresa? A italiana da sempre apóia o capital.Ainda que sejam periféricos a esse capital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s