Decisão de Cunha é tentativa de golpe, diz Rossetto

Miguel-Rossetto668

“Uma irresponsabilidade com o país e uma tentativa de golpe que será derrotada”. A frase sintetiza a reação do ministro do Trabalho e da Previdência Social, Miguel Rossetto, frente à decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em dar prosseguimento a um dos pedidos de impeachment contra a presidenta Dilma.

Para o ministro, o deputado Eduardo Cunha, denunciado pelo Ministério Público e se sentindo encurralado, tenta, com a decisão, amplificar seu poder de chantagem. “Toda a sociedade brasileira sabe que não há qualquer fundamento, nem jurídico nem político, que permita um pedido de impedimento da presidenta”, diz. “Vamos continuar a governar e a trabalhar para superar os problemas do país”, concluiu.

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Política e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Decisão de Cunha é tentativa de golpe, diz Rossetto

  1. Miriam disse:

    O que eu acho interessante Rosseto é que o PSDB, mostra o Ato de covardia diante de tudo isso, apoiando o impeachment, o Aécio agora enlouqueceu de vez, será que ele não percebeu ainda que o povo brasileiro não querem o retrocesso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s