3 de dezembro é Dia Internacional do Não Uso dos Agrotóxicos

agrotoxicosdiainternacional No próximo dia 3 de dezembro será celebrado o Dia Internacional do Não Uso dos Agrotóxicos. No Brasil, a Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida está convidando a população a participar das atividades alusivas à data e manifestar posição em defesa de uma comida sem veneno. Entre os objetivos da mobilização, estão ampliar o debate sobre os perigos do envenenamento de alimentos e do meio ambiente por agrotóxicos e pressionar o Congresso Nacional para que defenda a saúde da população e a agricultura familiar, que é responsável hoje por cerca de 70% dos alimentos que chegam à nossa mesa.

Entre outros pontos, a Campanha defende o fim da pulverização aérea, prática amplamente utilizada pelo agronegócio, e uma reforma política capaz de reduzir o peso do poder econômico no Congresso e aumentar a participação dos setores sociais que hoje estão sub-representados nos parlamentos (federal, estaduais e municipais). Os ruralistas, assinalam os promotores da campanha, defendem os interesses de cerca de 1% dos proprietários de terra do Brasil, que dominam aproximadamente 44% das áreas brasileiras agricultáveis. Esta é, destacam, uma das distorções do atual sistema de representação brasileiro.

Atividades como aulas públicas, panfletagens, panelaços e “feira dos envenenados” estão sendo programadas em várias cidades do país, como Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo, Brasília, Rio Branco, Uberlândia, Recife, Campinas, entre outras.

O dia 3 de dezembro foi escolhido função do desastre que ocorreu nesta data, em 1984, na cidade de Bophal, na Índia. De 27 a 40 toneladas de toneladas dos gases tóxicos metil isocianato e hidrocianeto, químicos utilizado na elaboração de um praguicida da Corporación Union Carbide, vazaram e se dissiparam pela cidade. Cerca de 30 mil pessoas, oito mil nos três primeiros dias, morreram devido ao acidente e, ainda hoje, estimativas indicam que 150 mil sofrem de doenças crônico-degenerativas causadas pela exposição aos gases letais.

A Union Carbide foi posteriormente adquirida pela Dow Química e a região nunca foi plenamente descontaminada, representando até hoje um perigo à população. O desastre químico foi considerado o pior da história e a data foi estabelecida pela Pesticide Action Network (PAN) como o dia internacional do não uso de agrotóxicos. A Dow é hoje uma das seis empresas gigantes do mercado de venenos e sementes transgênicas. Só em 2012 faturou U$ 60 bilhões.

Anúncios

Uma ideia sobre “3 de dezembro é Dia Internacional do Não Uso dos Agrotóxicos

  1. Nelson

    Uma mostra do “êxito” retumbante da agricultura capitalista.
    Um modelo agrícola que mata, tanto em doses cavalares, em acidentes como os de Bophal, como em doses homeopáticas, com a quota diária de veneno que coloca na mesa de cada vivente desse nosso maltratado planeta.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s