Deputados lembram votações de Sartori: privatizações, PDV, renegociação da dívida no governo Britto

zhcapabrittoemalan504 O deputado Aldacir Oliboni e a deputada Marisa Formolo, do PT, ocuparam a tribuna da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (9) para debater os projetos envolvidos na disputa eleitoral de segundo turno. Os parlamentares petistas criticaram a estratégia da candidatura de José Ivo Sartori de ocultar que ele já foi governo no Estado e, como deputado, votou pela aprovação de projetos que acabaram se revelando prejudiciais para o RS.

Ao longo de 20 anos como deputado estadual e líder da Bancada do PMDB, assinalaram os deputados, Sartori “deu sustentação às políticas dos Governos Simon e Britto, cujas heranças nefastas até hoje são suportadas por todos os gaúchos”. Destacaram ainda que o peemedebista “deu sustentação ao programa neoliberal de reforma do estado, que implantou o estado mínimo, reduzindo o tamanho do estado, privatizando empresas importantes, sucateando o quadro de funcionários e, com isso, precarizando a oferta de serviços públicos aos cidadãos”.

Aldacir Oliboni e Marisa Formolo lembraram os seguintes projetos votados por Sartori:

– Votou favoravelmente à privatização da CRT, através do PL 176/97, que autorizou o Estado do Rio Grande do Sul a alienar integralmente sua participação acionária na Companhia Riograndense de Telecomunicações.

– Votou favoravelmente à privatização da CEEE, através do PL 332/96, que autorizou o Poder Executivo a reestruturar societariamente a Companhia Estadual de Energia Elétrica e a Companhia Rio Grandense de Mineração.

– Votou favoravelmente à extinção da Caixa Econômica Estadual, única autarquia em que havia o compromisso de investir no mínimo 10% do seu lucro em habitação popular

– Liderou aqui na casa a votação do projeto de renegociação da dívida efetuada no governo Britto cujas consequências desastrosas para as finanças do Estado até hoje são suportadas por todos os gaúchos. Uma renegociação que elevou o comprometimento com o pagamento de 6% da Receita Líquida para 13%, mais que dobrando o desembolso anual que hoje está em torno de R$ 3 bilhões!

– Votou favoravelmente ao PDV (Programa de Demissão Voluntária), através do PLC 560/95, que jogou milhares de servidores públicos para o mercado de trabalho informal e precarizou os serviços públicos (estradas esburacas, escolas e postos de saúde precarizados, etc).

Anúncios

Uma ideia sobre “Deputados lembram votações de Sartori: privatizações, PDV, renegociação da dívida no governo Britto

  1. Nelson

    Enfim, o Sr José Ivo Sartori tem uma história na política que não se resume ao Sartori de dois mandatos como prefeito em Caxias do Sul.
    E é uma história, inequivocamente, voltada a prestar bons serviços ao…. povo gaúcho? Qual nada. O grande capital agradece os favores do gringo.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s