Funcionários da FEPAM exigem segurança para voltar ao trabalho

 Os funcionários da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM) querem garantias de segurança para retornar a trabalhar no prédio da entidade atingido por incêndio no dia 27 de março. A decisão foi tomada em assembleia geral promovida terça-feira (3) pelo Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas e de Fundações Estaduais do Rio Grande do Sul (Semapi) e pela Associação dos Servidores da FEPAM (ASFEPAM).

Os servidores exigem da direção da entidade condições de segurança para o retorno imediato ao trabalho. Para isso, pedem a realização de um laudo que aponte as reais condições do prédio atingido pelo incêndio na noite do dia 27. Além da FEPAM, o prédio localizado na rua Carlos Chagas, no centro de Porto Alegre, abriga a Metroplan, a Fapergs, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA) e o Conselho Estadual de Cultura. Dois andares do prédio foram afetados pelo fogo, atingindo as instalações da Metroplan, que está atendendo provisoriamente em outro local. O prédio é antigo e, mesmo antes do incêndio, já apresentava problemas nas condições de trabalho oferecidas aos funcionários.

Foto: Semapi

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Meio Ambiente e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s