Levante Popular da Juventude denuncia retaliações após protestos


A equipe de comunicação do Levante Popular da Juventude, que promoveu na última segunda-feira (26) atos de protesto em várias capitais brasileiras contra acusados de prática de tortura e outros crimes durante a ditadura, divulgou nota dizendo que a entidade começou a sofrer retaliações depois das manifestações. “Um dia após a ação de denúncia aos torturadores e em defesa da Comissão da Verdade”, diz a nota, “o servidor onde o site da organização está hospedado foi atacado impossibilitando o acesso ao endereço levante.org durante toda a tarde do dia 27 de março”.

Além disso, acrescenta a nota, “dezenas de mensagens de ameaça foram enviadas aos canais de comunicação”.  Diante disso, o Levante Popular da Juventude “refirma o seu compromisso com a busca da verdade e com a luta pelos direitos humanos, de modo que tais ataques não surtirão o efeito desejado de intimidação”.

Foto: Leandro Silva

Anúncios

Sobre rsurgente

Jornalista, Porto Alegre (RS), Brasil.
Esse post foi publicado em Direitos Humanos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s