Skip to content

Leis, salsichas e agrotóxicos

setembro 24, 2012

 É atribuída a Otto von Bismarck, primeiro chanceler do império alemão, a frase: “Os cidadãos não poderiam dormir tranquilos se soubessem como são feitas as salsichas e as leis”. Essa máxima ganhou atualidade hoje com a entrevista do deputado estadual Ronaldo Santini (PTB) à rádio Gaúcha sobre o projeto que propõe a flexibilização do uso de agrotóxicos no Rio Grande do Sul. Diante da forte reação contra seu projeto, Santini admitiu que “não conhece tecnicamente a matéria”, que não entende nada de agrotóxicos e que vai retirar o projeto de lei. Santini disse ainda que apresentou o projeto a pedido de dois deputados federais: Renato Molling (PP) e Paulo Pimenta (PT).

Se não fosse a mobilização das entidades ambientalistas, de promotores do Ministério Público e dos deputados da bancada do PT na Assembleia, um parlamentar que “não entende nada de agrotóxicos” poderia ter aprovado um projeto com graves repercussões no âmbito da saúde pública. Não custa perguntar: há outras leis sendo encaminhadas e votadas nessas mesmas condições?

Mesmo com o anúncio da retirada, as entidades ambientalistas permanecem vigilantes, pois há um outro projeto de Lei, o PL 20/2012, de autoria do deputado Gilmar Sossella (PDT) e de mais 32 deputados, que “dispõe sobre a comercialização e o armazenamento de agroquímicos, seus componentes e afins”.

PS.: O deputado Santini, que não entende nada de agrotóxicos e mesmo assim queria “flexibilizar” seu uso no Estado, é autor do projeto que institui o Dia Estadual de Educação Ambiental (já aprovado) e do Projeto de Lei 156/2011 (ainda em tramitação), que dispõe sobre a inclusão da temática “Educação Ambiental” no conteúdo programático das escolas estaduais de ensino fundamental e médio do Estado. Na justificativa dos projetos, o parlamentar manifesta preocupação com o “legado que vamos deixar para nossos filhos”.

About these ads

From → Meio Ambiente

5 Comentários
  1. lelezinhamattos permalink

    Por favor,não deixem esse inergúmeno se meter em mais nada que diga respeito ao meio ambiente…

  2. Exatamente, Marco. Muitas vezes os deputados nem sabem o que estão votando. Isso quando o governo não mete goela abaixo o regime de urgência, ai a coisa fica pior ainda…

  3. “O deputado Santini, que não entende nada de agrotóxicos e mesmo assim queria “flexibilizar” seu uso no Estado, é autor do projeto que institui o Dia Estadual de Educação Ambiental (já aprovado) e do Projeto de Lei 156/2011 (ainda em tramitação), que dispõe sobre a inclusão da temática “Educação Ambiental” no conteúdo programático das escolas estaduais de ensino fundamental e médio do Estado. Na justificativa dos projetos, o parlamentar manifesta preocupação com o “legado que vamos deixar para nossos filhos”.”

    Defina hipocrisia.

  4. Junior permalink

    Solicitação do Dep. Paulo Pimenta do PT? Será que ele tem conhecimento do que são os agrotóxicos? Ou está a serviço de quem? Não é a posição do PT. Pelo menos dos que defendem o meio ambiente e que são contra os “venenos das multinacionais”. ..

  5. ODIN permalink

    FOI REALIZADA UMA PESQUISA COM LEITE MATERNO EM LUCAS DO RIO VERDE-MT, MUNICIPIO GRANDE PRODUTOR DE SOJA, MILHO E ALGODÃO E FOI CONSTATADO QUE 100% DO LEITE ESTAVA CONTAMINADO POR AGROTÓXICOS(DEFENSIVOS AGRÍCOLAS). ALÉM DE NÃO FISCALIZAREM AINDA QUEREM FLEXIBILIZAR? SOCORRO!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: